segunda-feira, 27 de outubro de 2008

O que dirá Jerónimo de Sousa sobre isto?


Parece um mendigo mas não é, trata-se do ex-deputado Oscar Tulio Lizcano no momento em que foi libertado pelo Exército Colombiano, depois de se ter escapado de um sequestro que duro 8 anos nas mãos das FARC. A libertação foi possível graças a um guerrilheiro que, a troco de uma recompensa e amnistia, vai viajar para França para iniciar uma nova vida.
Aguardo com extrema curiosidade pelas reacções (seguramente de jubilo) do Partido Comunista Português à libertação de mais um refém das FARC.

2 comentários:

Miguel Ferreira disse...

Não dirá nada. Está demasiado ocupado a enquadrar as teorias marxistas nesta crise...

Planetas - Bruno disse...

É verdade Miguel,
O silêncio do PC face às recentes noticias que envolvem as FARC já é recorrente.