terça-feira, 12 de maio de 2009

Pois não, há politicos presos!

“En cuba no hay presos políticos”
La Unión Europea no logró avances en su intento de convencer a Cuba de mejorar la situación de los derechos humanos en la isla. Así lo reveló el ministro checo de Relaciones Exteriores, Jan Kohout, tras reunirse con su homólogo cubano, Bruno Rodríguez, quien aseguró que en Cuba no hay presos políticos.

6 comentários:

Ricardo Cataluna disse...

Cuba gosta de tomar os outros por parvos. Oxalá que Obama acabe com o embargo. Era a melhor maneira de acabar com aquele regime.

Planetas - Bruno disse...

Seria o fim do regime, estou até convencido que Raul prefere essa solução a outra menos pacifica, falta somente oficializar a morte de Fidel.

Tiago R. disse...

Conhece um, um único preso político que seja em Cuba?

Olhe que o Parlamento Europeu não conhece.

Sabe alguma coisa que mais ninguém sabe ou está a limitar-se a repetir o que lê na propaganda anti-castrista?

Planetas - Bruno disse...

Caro Tiago,
Conhece algum judeu vítima do holocausto, ou civil morto nos bombardeamentos no Irak ou na Palestina?!
Olhe que Parlamento Europeu, que já condenou o Governo da Venezuela em várias oportunidades, sendo esta a mais recente. http://www.rebelion.org/noticia.php?id=85044.

Tiago R. disse...

Então não estava a falar de Cuba???
(sabe que são países diferentes, não sabe?)

Bruno disse...

Já foram, Tiago, já foram...