segunda-feira, 21 de julho de 2008

A Quinta dos Sapos!


Ciganos ameaçam com manifestação nacional
"A comunidade cigana da Quinta da Fonte ameaça juntar ciganos de todo o País numa manifestação nacional caso, até ao final da semana, as famílias não forem realojadas noutros bairros.
O ultimato foi feito em declarações à TSF pelo porta-voz da comunidade, José Fernandes, que desde a passada quinta-feira se concentra em frente à Câmara Municipal de Loures à espera de uma solução de realojamento.
As 53 famílias ciganas que se encontram concentradas em frente à autarquia desde quinta-feira, decidiram este domingo que não vão regressar à Quinta da Fonte, após terem feito um rastreio às condições de segurança do bairro.
«As pessoas não estão psicologicamente preparadas para encarar a Quinta da Fonte» afirmou á Lusa José Fernandes, porta-voz da comunidade cigana. As famílias visitaram esta tarde a Quinta da Fonte sob escolta policial e ouviram insultos da comunidade africana do bairro.
"

Sei lá, digo eu:
Veremos se o PCP e o Bloco (acompanhados da Helena Roseta) vão liderar a Manif e condenar o Racismo dos moradores da Qta da Fonte contra a Comunidade Cigana.
O S.O.S racismo deve já estar no terreno a desdobrar-se em iniciativas de carácter pedagógico, junto dos moradores (Africanos) da Qta da Fonte, no sentido de facilitar a reintegração dos Ciganos no Bairro, aproveitando para sensibilizar os moradores a regularizarem os pagamentos do arrendamento das habitações à Câmara Municipal, bem como os serviços de gás, água e telefone (a pedido do amigo jumento).
Os serviços de Segurança Social encontram-se no terreno com a finalidade de promover a inserção da comunidade no mercado de trabalho, vão divulgar aos jovens entre os 18 – 30 anos todas as ofertas de trabalho e cursos de formação profissional disponíveis no centro de emprego correspondente.
A comunidade Africana da Qta da Fonte, aproveitando a ausência dos Ciganos, começou já a fazer criação de Sapos para poder assim declarar o bairro como a Nova Quinta dos Sapos da Fonte.

3 comentários:

pvnam disse...

«........mini-spam........»
Separatismo na Europa


Não sejam OTÁRIOS!
Abram os olhos -> Os Bandalhos Brancos procuram infiltrar-se em qualquer lado: de facto, como NUNCA conseguiram construir uma sociedade sustentável (ou seja, uma sociedade dotada da capacidade de renovação demográfica) sem ser à custa da repressão dos direitos das mulheres (mulheres tratadas com úteros ambulantes), hoje em dia, como seria de esperar, os Bandalhos Éticos (vulgo Bandalhos Brancos) pretendem infiltrar-se [quer no exterior da Europa (emigrando) quer no interior da Europa (através da importação de povos)] no seio de outros povos... consequentemente... os Bandalhos Éticos são INTOLERANTES para com a existência de Reservas Naturais de Povos Nativos!...



ANEXO 1:
Atenção! Não há tempo a perder com os PARVALHÕES dos Nacionalistas (e afins)! Eles não vêem o óbvio -> a maioria dos europeus anda à procura de negociatas de lucro fácil:
-> são advogados a cobrar mais de mil euros por processo de legalização...
-> é o pessoal do SEF (e afins, por essa Europa fora) a obter favores...
-> é mão-de-obra servil ao preço da chuva...
-> são homens à procura de mulheres fragilizadas em termos económicos: são mais dóceis...
......ETC......
{Nota: é óbvio que as nações europeias já têm encontro marcado com o CAIXOTE DO LIXO da História!...}


ANEXO 2:
-> A ÚNICA forma de salvaguardar determinados Valores (um exemplo: o Direito dos Povos Nativos se defenderem da (cada vez mais poderosa) Inquisição Mestiça)... é, antes que seja tarde demais, reivindicar o LEGÍTIMO Direito ao Separatismo.
---»»» Pelo Direito à diferença:
TODOS DIFERENTES!!! TODOS IGUAIS!!!
--- Isto é, TODOS os Povos Nativos do Planeta Terra:
-> INCLUSIVE os de 'baixo rendimento demográfico' (reprodutivo)!!!...
-> INCLUSIVE os economicamente pouco rentáveis!!!...
devem possuir o Direito de ter o SEU espaço no Planeta!!!

Planetas - Bruno disse...

Ena pá, esse comentário deu-me sono...!

Bruno disse...

Salazar volta! Estás perdoado...

Mas não há ninguém que pegue nesta escumalha, e os ponha daqui para fora??

Só neste país é que lhes dão estas ajudas todas, rendimentos mínimos, casas, escolaridade gratuita, etc... e ainda têm o desplante de exigir seja o que for?